17.08.2016

DESIGN WEEKEND!

Imagina um festival urbano com seminários, cursos, exposições, instalações, palestras, lançamentos de produtos, recepções e coquetéis, festas, feiras de negócios, shows, concursos, intervenções urbanas, prêmios e roteiros temáticos? Imagina um evento inteirinho sobre design e suas conexões com arquitetura e a arte em mais de 250 atrações? Imaginou? Pois bem, aconteceu do dia 10 de agosto ao dia 14 de agosto na cidade de São Paulo, a quinta edição do Design Weekend. Vou mostrar alguns closes do que rolou nesse evento lindo!

Pra começar bem, nada mais nada menos, que os Irmãos Campana, com um lustre com pequenas cúpulas de vidro soprado que lembram balas coloridas!

Falando em cor, o design Alfredo Barbosa de Oliveira, criou mais de 800 tapetes de forma artesanal (sim, você leu direito: mais de 800 tapetes). São estampas com desenhos orgânicos, florais, listrados, alguns mais elegantes e outros bem coloridos, pra todas as pessoas se apaixonarem!

Mas não teve apenas cores nesse evento, teve manifesto de solidariedade! O “Orelhão Falante” foi criado por Jose Marton e Clube D-EDGE para chamar a atenção de um público de deficientes visuais que a sociedade não costuma ver em eventos de design. Esse projeto coloca no lugar do telefone, alto falantes com trilhas sonoras mixadas pelo clube Paulistano.

Já que tô na vibe de solidariedade, vai mais uma: Um espaço foi criado junto com o designer Leo Di Caprio e a Galeria A7MA, para os artistas criarem uma Street Art no tapete na fachada da loja Kian Tapetes. E essa peça será leiloada em prol de um projeto social!

Teve sustentabilidade também, com tecidos reciclados. E questões ambientais foram abordadas de uma maneira bem interessante e inovadora na coleção “Viagem ao centro da terra”, onde foi apresentado um conjunto de obras em que os artistas utilizaram materiais brutos, como a lama da Cidade de Mariana, carvão e pau a pique.

Design ou diversão? Aqui tem os dois! Projeto Ping Point que promove o uso do espaço público por meio da instalação de mesas de pingue-pongue. Ao jogar, as pessoas são perguntadas sobre ‘’O que é design?’’, podendo escrever as respostas nas bolinhas.

O que não dá pra ficar de fora é a amostra ‘’Novas Geometrias Urbanas’’ do Allex Colontonio. São dez estúdios e três universidades, cada um com um espaço com muita geometria, ergonomia, otimização do espaço, propondo soluções para habitar nas grandes metrópoles. São apresentados temas como mobilidade, moveis multifuncionais, espaços híbridos e cultivo de plantas dentro da residência.

E pra finalizar, nada melhor que um escorredor de louças e talheres em forma de miniatura da cidade de Nova York, tão urbana e inovadora quanto a cidade de São Paulo, onde é o berço desse festival de design!

Nas imagens acima respectivamente: Lustre Candy dos Irmaos Campana; Tapete do Alfredo Barbosa; Estampa do tapete do Alfredo Barbosa; Orelhão Falante do Jose Marlon; Tapete da Galeria A7MA; Tapete da ‘’Viagem ao Centro da Terra’’; Cadeira da ‘’Viagem ao centro da Terra” ; Ping Point; Novas Geometrias Urbanas do Allex Colontonio; Escorredor de pratos de Luca Nichetto; Tapete de Tarsilinha do Amaral; Cadeira de Zanini de Zanine

Baci
Bianca Nocera